Tradução: Georg Simon Ohm and Resistance

Georg Simon Ohm and Resistance

ONE OF THE FUNDAMENTAL RELATIONSHIPS of circuit theory is that between voltage, current, and resistance. This relationship and the properties of resistance were investigated by the German physicist Georg Simon Ohm (1787–1854) using a circuit similar to that of Figure 3–1.

Working with Volta’s recently developed battery and wires of different materials, lengths, and thicknesses, Ohm found that current depended on both voltage and resistance. For example, for a fixed resistance, he found that doubling the voltage doubled the current, tripling the voltage tripled the current, and so on.

Also, for a fixed voltage, Ohm found that the opposition to current was directly proportional to the length of the wire and inversely proportional to its cross-sectional area. From this, he was able to define the resistance of a wire and show that current was inversely proportional to this resistance; e.g., when he doubled the resistance; he found that the current decreased to half of its former value.

These two results in a combined form what is known as Ohm’s law (You will study Ohm’s law in great detail in Chapter 4).

Ohm’s results are of such fundamental importance that they represent the real beginnings of what we now call electrical circuit analysis.

Georg Simon Ohm e a resistência elétrica

Uma das relações fundamentais da teoria do circuito é aquela estabelecida entre tensão, corrente e resistência elétrica. Essa associação e as propriedades da resistência foram investigadas pelo físico alemão Georg Simon Ohm (1787–1854) utilizando um circuito semelhante ao da figura 3–1.

Após a realização de experimentos utilizando uma pilha elétrica que havia sido recentemente desenvolvida por Alessandro Volta, e fios elétricos de diferentes materiais, comprimentos e espessuras, Ohm descobriu que a intensidade da corrente elétrica dependia tanto da tensão elétrica aplicada quanto do valor de sua resistência. Ou seja, para um valor fixo de resistência, ele constatou que dobrando a tensão dobrava a corrente, triplicando a tensão triplicava a corrente e assim por diante.

Além do mais, quando a tensão não sofre variação, Ohm descobriu que a resistência elétrica era diretamente proporcional ao comprimento do fio condutor e inversamente proporcional à sua área de secção transversal (a espessura do condutor). A partir desses resultados, ele conseguiu determinar a resistência de um fio e mostrar que a corrente era inversamente proporcional a essa resistência. Dessa forma, quando dobrou a resistência, ele percebeu que a corrente diminuiu para a metade de seu valor anterior.

A combinação desses dois resultados ficou conhecida como a lei de Ohm (a lei de Ohm será vista com mais detalhes no capítulo 4).

Os resultados obtidos a partir das investigações de Ohm foram de tão fundamental importância que serviram de base aos estudos do que agora conhecemos por análise de circuitos elétricos.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s